Contato

SOF

Como tratar o granuloma umbilical do recém nascido, na falta do bastão de nitrato de prata?

| 13 nov 2018 | ID: sof-40004
Esta SOF foi útil pra você?
Reload

Enter the code

Para o tratamento do granuloma umbilical, na falta de nitrato de prata bastão, pode ser manipulada solução aquosa com nitrato de prata a 10%. Assim como o bastão, a solução aquosa de nitrato de prata deve ser aplicada por profissional de saúde, na unidade, com o uso de cotonete, 1 a 2 vezes por semana, durante 2 a 3 semanas, mas geralmente poucas aplicações são suficientes para o tratamento. Para reduzir o risco de queimadura química, deve-se proteger a pele da região periumbilical com vaselina.

É importante reforçar os cuidados de higiene com o coto umbilical com o uso de álcool 70% para reduzir contaminação bacteriana. O nitrato de prata não deve ser utilizado para a higiene do coto umbilical. Após a queda do coto umbilical, a recomendação é continuar com higiene na cicatriz umbilical com água e sabão no banho, removendo secreções e crostas, para diminuir a população bacteriana no local.
Na presença de sinais de inflamação ao redor do umbigo, como edema, hiperemia e calor no local com ou sem sinais sistêmicos de infecção em um recém-nascido, deve-se suspeitar de onfalite. A onfalite é uma infecção potencialmente grave, que exige tratamento hospitalar.

Bibliografia Selecionada

1. Brasil. Ministério da Saúde. Secretária de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da criança: crescimento e desenvolvimento. Brasília: Ministério da Saúde. (Cadernos de Atenção Básica, n. 33). 2012:272p.  Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_crianca_crescimento_desenvolvimento.pdf
2. Duncan BB, Schmidt MI, Giugliani ERJ.(Ed.). Medicina ambulatorial: condutas de atenção primária baseadas em evidências. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2013.
3. Karaguzel G, Aldemir H. Umbilical Granuloma: Modern Understanding of Etiopathogenesis, Diagnosis, and Management. J Pediatr Neonatal Care 2016;4(3):136. [acesso em 22 de jun de 2018]. Disponível em: http://medcraveonline.com/JPNC/JPNC-04-00136.pdf
4. Londrina. Prefeitura do Município. Autarquia Municipal de Saúde. Saúde da Criança: protocolo. Londrina, PR. 2006:70p. Disponível em: http://www1.londrina.pr.gov.br/dados/images/stories/Storage/sec_saude/protocolos_clinicos_saude/prot_crianca.pdf
5. Sucupira ACSL, et al. Pediatria em consultório. 5. ed. São Paulo: Sarvier, 2010.
6. Lotan G, Klin B, Efrati Y. Doubleligature: A treatment for pedunculated umbilical granulomas in children. Am Fam Physician 2002;65(10):2067-68. Disponível em: http://www.aafp.org/afp/2002/0515/p2067.html
7. Palazzi DL, Brandt ML. Care of the umbilicus and management of umbilical disorders. Waltham (MA): UpToDate, 2017. Disponível em: https://www.uptodate.com/contents/care-of-the-umbilicus-and-management-of-umbilical-disorders