Contato

SOF

Há indicação para uso de anti-inflamatórios tópicos para o alívio da dor musculoesquelética?

| 12 jul 2017 | ID: sof-36687
Esta SOF foi útil pra você?
Reload

Enter the code

Os anti-inflamatórios tópicos (AINEs) são seguros e eficazes para o alívio da dor musculoesquelética em adultos, sendo utilizado para tratamento de dores agudas e crônicas. Os AINEs mais utilizado na dor aguda incluem o diclofenaco, ibuprofeno, cetoprofeno e o piroxicam. No caso de lesões agudas de tecidos moles, o cetoprofeno tópico pode ser mais eficaz do que piroxicam tópico ou diclofenaco tópico. 1 AINEs tópicos que são eficazes para dor crônica incluem diclofenaco, cetoprofeno, ibuprofeno, felbinac e nimesulida.

A dor musculoesquelética é um dos principais motivos de consulta em atenção primária à saúde. Para as pessoas com diversas comorbidades e para os idosos, pode-se dar preferência ao uso de anti-inflamatórios tópicos no tratamento da dor musculoesquelética tendo em vista sua maior segurança. 5 Uma revisão sistemática 2 avaliou o uso de AINEs em pessoas com dor musculoesquelética aguda decorrente principalmente entorses ou lesões desportivas. Os AINEs tópicos foram associados ao aumento do sucesso clínico em comparação com placebo. A duração do tratamento variou de 5 dias a 3 semanas. Nesta revisão os tipos de preparações tópicas avaliadas nesta revisão foram: creme, géis, sprays, espumas, emplastros. As indicações para o tratamento foram entorses, distensões, contusões (geralmente devido a lesões desportivas), e lesões por sobreuso (tendinite, dor lombar aguda). 2
Outra revisão sistemática 4 comparou AINEs tópicos ao uso de placebo ou outro tratamento ativo em adultos com dor musculoesquelética crônica. Alguns ensaios compararam AINEs tópicos (diclofenaco, cetoprofeno, piroxicam, eltenac) com AINEs orais (diclofenaco, ibuprofeno, celecoxib). A revisão concluiu que os os AINEs tópicos podem ter uma taxa de sucesso clínico semelhante aos AINEs orais e menor risco de eventos adversos gastrointestinais.
Quanto ao tipo preparação, um ensaio clínico randomizado controlado que avaliou o uso de adesivo de cetoprofeno, observou a redução da dor e inchaço nas entorses de tornozelo agudas quando comparado ao adesivo de placebo. 3 Mas os estudos que compararam as formulações de diclofenaco e cetoprofeno em gel apresentaram taxas de sucesso clínicas mais elevadas do que as formulações em emplastro. 2

 
Atributos da APS
A dor não tratada pode causar muito sofrimento aos indivíduos afetados. Dessa forma todos os esforços devem ser feitos para promover o tratamento eficaz da dor.O tratamento da dor músculo esquelético deve incluir medidas farmacológicas e não farmacológicas, sendo importante a atuação de uma equipe interdisciplinar. Além do tratamento medicamentoso da dor musculoesquelética é importante que o profissional de saúde conhecer o paciente e a sua realidade, para um entendimento das possíveis causas de dor e implementação de medidas mais apropriadas.

 

SOF Relacionada:

1. Qual o melhor tratamento para o paciente com dor crônica?

 

Bibliografia Selecionada

1. DynaMed [Internet]. Ipswich (MA): EBSCO Information Services. 1995 – . Record No. 142776, Topical NSAIDs; [updated 2015 Jul 13] acesso via portal SBE. Disponível em http://psbe.ufrn.br/ acesso em 24/01/2017
2. Derry S, Moore RA, Gaskell H, McIntyre M, Wiffen PJ. Topical NSAIDs for acute musculoskeletal pain in adults. Cochrane Database of Systematic Reviews 2015, Issue 6. Art. No.: CD007402. DOI: 10.1002/14651858.CD007402.pub3. Disponível em:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20556778
3. Mazières B, Rouanet S, Velicy J, Scarsi C, Reiner V. Topical ketoprofen patch (100 mg) for the treatment of ankle sprain: a randomized, double-blind, placebo-controlled study. Am J Sports Med. 2005 Apr;33(4):515-23. Epub 2005 Feb 8. PubMed PMID: 15722295. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15722295?dopt=Abstract&
4. Derry S, Conaghan P, Da Silva JA, Wiffen PJ, Moore RA. Topical NSAIDs for chronic musculoskeletal pain in adults. Cochrane Database Syst Rev. 2016 Apr 22;4:CD007400. doi: 10.1002/14651858..pub3. Review. PubMed PMID:27103611. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27103611
5. Duncan, Bruce B., Schmidt, Maria Inês, Giugliani, Elsa J., Duncan, Michael Schmidt, Giugliani, Ca. Medicina Ambulatorial: Condutas de Atenção Primária Baseadas em Evidências, 4th edição. ArtMed, 01/01/2013. [Bookshelf Online].