Contato

SOF

Paciente com depressão que obteve controle do quadro com uso de Amitriptilina 25mg/dia tem necessidade de aumento da dose para um mínimo de 75 mg/dia?

| 21 out 2009 | ID: sof-3214
Esta SOF foi útil pra você?
Reload

Enter the code

Todos os protocolos que indicam o uso de amitriptilina para o tratamento da depressão sinalizam que a dose mínima efetiva não é menor que 75 mg/dia. No entanto, o objetivo do tratamento da depressão é a resolução completa dos sintomas do paciente e não simplesmente o seguimento à risca de um protocolo.
Desta forma, uma paciente com diagnóstico clínico de depressão que obteve melhora total dos sintomas com apenas 25 mg/dia de Amitriptilina não necessita de aumento da dose (Grau D).
Sugere-se que o diagnóstico de depressão seja reavaliado, pois geralmente a dose de 25 mg de Amitriptilina não é considerada terapêutica para esta condição.
Caso mantido o diagnóstico, também cabe ressaltar que um quadro de depressão leve pode ter melhora sem a necessidade de uso de antidepressivos. Por isto é importante avaliar o custo-benefício de uma possível retirada da medicação sem prejuízo para o paciente.

 

Bibliografia Selecionada

  1. Furukawa Toshi A, McGuire Hugh, Barbui Corrado. Low dosage tricyclic antidepressants for depression. Cochrane Database of Systematic Reviews. In: The Cochrane Library, Issue 3, Art. No. CD003197. Disponível em: http://cochrane.bvsalud.org/doc.php?db=reviews&id=CD003197&lib=COC. Acesso em: 12 maio 2015