Contato

SOF

Qual o prazo de validade para uso de artigos e instrumentais médico-hospitalares esterilizados em autoclave?

| 28 fev 2018 | ID: sof-37344
Esta SOF foi útil pra você?
Reload

Enter the code

O prazo de validade para uso de artigos e instrumentais médico-hospitalares esterilizados deve ser estabelecido por cada serviço de acordo com as características do invólucro selecionado, do método de selagem das embalagens, do número e condições de manipulação dos pacotes antes do uso, das condições de estocagem (umidade e temperatura) e rotatividade do estoque armazenado, podendo recorrer a testes laboratoriais de esterilidade para cada tipo de embalagem utilizada para a validação do prazo de esterilização.(1,2,3)

No entanto, ainda existem muitas controvérsias em relação ao prazo de validade de esterilização por autoclave (em papel grau cirúrgico), por isso, cada instituição de saúde precisa estabelecer seu prazo de validade de acordo com as pesquisas, manuais e protocolos do Ministério da Saúde (MS) atualizados.(2)
Após realizar uma inspeção apurada nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) sobre as práticas de processamento de produtos para saúde, alguns municípios e Estados têm recomendado o prazo de validade de até 30 dias para uso de materiais acondicionados em papel grau cirúrgico e esterilizados em autoclave, desde que mantenha a inviolabilidade, boas condições da embalagem e que seja respeitada a Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) – RDC Nº 15, de 15 de março de 2012 e a norma técnica NBR 14990-5-2010.(4,5)
Assim, dentre a grande variedade de embalagens utilizadas para o processamento de artigos e instrumentais médico-hospitalares, o papel grau cirúrgico é uma das mais utilizadas, sendo é composto por uma face transparente de polipropileno e poliéster, e outra face de papel opaco para garantir eficiência contra infiltração acima de 90%. No entanto, sua reutilização é contraindicada, visto que após o processo de esterilização com calor úmido há uma alteração nas fibras do papel, tornando-o inutilizável.(5,6) Além disso, essas embalagens devem ser identificadas antes da esterilização, essa identificação pode ser feita em fita ou etiqueta adesiva específica e deve conter a descrição do conteúdo, quando necessário, data e validade da esterilização e nome do funcionário responsável pelo processamento do artigo.(1)

Bibliografia Selecionada

1. Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).Serviços Odontológicos: prevenção e controle de riscos.  Brasília: Ministério da Saúde, 2006 [acesso em 22nov 2017]. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/servicosaude/manuais/manual_odonto.pdf
2. Núcleo de Telessaúde Sergipe. Segunda Opinião Formativa SOF. BVS APS, 14 dez 2015. Qual o tempo de validade da esterilização de gazes embaladas em papel grau cirúrgico?  | ID: sof-23077[acesso em 22 nov 2017]. Disponível em: http://aps.bvs.br/aps/qual-o-tempo-de-validade-da-esterilizacao-de-gazes-embaladas-em-papel-grau-cirurgico
3. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Assistência à Saúde. Orientações gerais para Central de Esterilização.  Brasília: Ministério da Saúde, 2001. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/orientacoes_gerais_central_esterilizacao_p1.pdf
4. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 14990-5: Sistemas e materiais para esterilização de produtos para saúde: papel grau cirúrgico para embrulhar produtos para a saúde. Rio de Janeiro: ABNT 2010[acesso em 23nov 2017]. Disponível em: https://www.target.com.br/produtos/normas-tecnicas/38099/nbr14990-5-sistemas-e-materiais-de-embalagem-para-esterilizacao-de-produtos-para-saude-parte-5-papel-grau-cirurgico-para-embrulhar-produtos-para-a-saude
5. Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução – RDC Nº 15, de 15 de março de 2012. Requisitos de boas práticas para o processamento de produtos para saúde e dá outras providências.[acesso em 23nov 2017]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/anvisa/2012/rdc0015_15_03_2012.html
6. Savaris A, Victorino FR. Validação do processo de esterilização de papel grau cirúrgico reutilizado. VIII Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar. Maringá-PR: 2013[acesso em 23nov 2017]. Disponível em: http://www.cesumar.br/prppge/pesquisa/epcc2013/oit_mostra/Andessa_Savaris.pdf