Contato

SOF

Todas as crianças com bacteriúria assintomática devem receber tratamento ?

| 19 fev 2018 | ID: sof-37292
Esta SOF foi útil pra você?
Reload

Enter the code

Não há evidência suficiente sobre os danos e benefícios do tratamento da bacteriúria assintomática para permitir a formação de conclusões confiáveis. Parece que o tratamento com antibióticos para a bacteriúria assintomática não traz benefícios às crianças a longo prazo.(1)

Complementação: O diagnóstico e o tratamento das Infecções de Trato Urinário (ITU) é uma das áreas mais controversas, se não a mais controversa , da atenção à saúde da criança. Um fator que contribui para a situação atual é a dificuldade no diagnóstico da ITU em crianças pequenas. O subdiagnóstico ou superdiagnóstico substancial pode resultar das dificuldades práticas em no mínimo três áreas, incluindo problemas com coleta de amostras de urina, problemas na interpretação correta dos números de bactérias e diagnósticos errados entre bacteriúria assintomática infantil e real ITU febril sintomática.(1)
Cerca de 30% dos pacientes com bacteriúria assintomática podem receber antibióticos sem indicação clara, conforme indica estudo de coorte retrospectivo em que foram avaliados 1.167 pacientes que tiveram culturas de urina com ≥ 105 unidades formadoras de colônias (CFU) / mL de bactérias. 219 pacientes apresentaram bacteriúria assintomática (cultura de urina positiva ≥ 105 CFU / mL sem sintomas ou sinais que sugerem infecção do trato urinário). 70 (32%) pacientes foram tratados de forma inadequada e receberam antibióticos.(1)

Atributos da APS
Longitudinalidade e integralidade do cuidado: Os exames complementares representam uma parte importante do cuidado à saúde, que deve ser encarado pela equipe como a continuidade à atenção integral, iniciado com o primeiro contato com o serviço de saúde. Porém não devem ser o principal parâmetro de análise de condições clínicas.(2)
Material complementar:
Telessaude ES. Vídeo de Webconferência : Principais problemas de saúde das crianças (Aprox. 110 min.). Palestrante: Francisco Luiz Zaganelli (Médico Pediatra HUCAM ); Karina Tonini (Debatedora) . Publicado em 17 mar 2015. Disponível em:https://www.youtube.com/watch?v=-nG_LgYLRFs

Bibliografia Selecionada

1. DynaMed. Ipswich (MA): EBSCO Information Services. 1995 – . Record No. 435309, Asymptomatic bacteriuria [internet]; [atualizado em 18 dez 2014; citado em 2017 Set 16; em torno de 14 telas] Disponível em: http://www.dynamed.com/topics/dmp~AN~T435309/Asymptomatic-bacteriuria#sec-Overview-and-Recommendations
2. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da criança : crescimento e desenvolvimento [internet]. Brasília: Ministério da Saúde, 2012 [citado em set 13]. Cadernos de Atenção Básica, 33. 273p Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/publicacoes/cadernos_ab/caderno_33.pdf