Contato

SOF - Áreas Temáticas

Processo de Trabalho na APS Assinar Feed RSS

Qual o momento adequado para realizar o registro civil de um bebê que foi diagnosticado ao nascer com Anomalia da Diferenciação Sexual (genitália ambígua)?

O momento adequado para o registro civil de bebê com diagnóstico de Anomalia da Diferenciação Sexual (ADS) ao nascimento é após a definição do sexo da criança. Pacientes com ADS frequentemente são identificados logo após o nascimento. Eles apresentam genitálias com alterações morfológicas que dificultam a diferenciação entre sexo feminino ou masculino. A indefinição gera […]

Qual a abordagem indicada para acolher os usuários de drogas na APS?

É recomendável que o acolhimento e assistência aos usuários de drogas pela equipe da Estratégia Saúde da Família (ESF) seja pautada na redução de danos para minimizar as consequências adversas do consumo de drogas do ponto de vista da saúde e dos seus aspectos sociais. Assim, essa abordagem precisa seguir os preceitos éticos baseados na […]

Qual a maneira correta de se enviar uma peça anatômica para a biópsia?

Os cuidados para uma adequada análise de material coletado de pacientes iniciam-se no momento da coleta da biópsia. É imprescindível a correta identificação da amostra, com identificação do paciente, origem da amostra (parte do corpo), data da coleta e, se possível, adicionar informações clínicas pertinentes ao auxílio diagnóstico ao patologista. Cuidados com a amostra tecidual […]

Como a equipe de saúde da família deve proceder com pessoas que vão à Unidade várias vezes na semana, em geral com problemas familiares, mas buscando atendimento com outro foco?

Pessoas que vão repetidas vezes à Unidade de Saúde, com ou sem um motivo concreto, podem ser consideradas hiperutilizadores ou hiperfrequentadores. É essencial a identificação e caracterização dessas pessoas em qualquer serviço de Atenção Primária à Saúde (APS), assim como a revisão do diagnóstico e do manejo proposto à sua condição de saúde. É recomendável […]

Como organizar um grupo de culinária direcionado a portadores de hipertensão e diabetes?

Na realização de um grupo de culinária direcionado aos portadores de hipertensão e diabetes é importante considerar o formato da atividade educativa e o local a ser desenvolvido o grupo.

Como é constituída e estruturada uma rede de atenção às vítimas de violência envolvendo a Atenção Básica?

A Rede de atenção às vítimas de violência precisa ser constituída, dimensionada e articulada, a partir da realidade local envolvendo as equipes de Atenção Básica, Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), Núcleo de Prevenção das Violências e Promoção da Saúde (NUPREVS), serviços de atenção especializada de Saúde Mental e hospitais (municipais, estaduais e […]

Em Grupos de Tabagismo, há limite para a participação de usuários não aderentes?

Não há limite para a participação de usuários em Grupos de Tabagismo nas Unidades Básicas de Saúde, não sendo identificada uma orientação formal sobre o número de vezes que um usuário pode participar desta atividade. Destaca-se que o tratamento do tabagista que recaiu necessita de mais estudos científicos específicos para essa população(1). Especificamente quanto à […]

Como implantar o acolhimento com classificação de risco nas unidades de saúde da família?

Após a gestão de saúde e a equipe organizarem um “Protocolo de Acolhimento com classificação de risco para as Unidades de Saúde” é fundamental que a proposta seja submetida ao conselho local de saúde do município e depois de aprovada apresentada para toda a comunidade. A forma de informar e orientar a comunidade pode ocorrer […]

A adesão e (re)contratualização das equipes de saúde é voluntária no 3º Ciclo do PMAQ?

Sim. A Adesão e (re)contratualização das equipes é voluntária e pressupõe um processo de pactuação de compromissos a serem firmados entre as Equipes de Atenção Básica, incluindo as equipes de saúde bucal e NASF, e os gestores municipais, e desses com o Ministério da Saúde, em um processo que envolve pactuação local, segundo o Manual […]

Existe um critério para estabelecer o número de visitas a um asilo na área adscrita pela Equipe de ESF?

Segundo a Política Nacional de Atenção Básica, não há um critério estabelecido sobre o intervalo mínimo de visitas a um asilo adscrito em uma área de Estratégia de Saúde da Família (ESF). No entanto os direitos das pessoas idosas em relação a saúde, são assegurados pela legislação brasileira, e são atribuições comuns a todos os […]