Contato

SOF - CIAP2

A50 Medicação / prescrição / pedido / renovação / injeção Assinar Feed RSS

Como proceder em casos de efeito adverso medicamentoso no tratamento da hanseníase?

Todo paciente em tratamento para hanseníase, com suspeita de efeitos colaterais indesejáveis causados pela medicação, deve ser avaliado na Unidade Básica de Saúde (UBS) para definição da conduta terapêutica a ser tomada, garantindo a integralidade da assistência e evitando o abandono do tratamento. (1) A PQT (poliquimioterapia) é notavelmente segura e os efeitos adversos graves […]

Existe evidência científica para o uso da pregabalina no tratamento da dor crônica?

Sim. A pregabalina é conhecida, em diversos estudos clínicos, por sua eficácia no tratamento da neuralgia pós-herpética, neuropatia diabética dolorosa e fibromialgia, e recentemente no manejo de sintomas neuropáticos em pacientes com quadros álgicos crônicos nas costas e no pescoço (1-6). Também tem demonstrado ser uma alternativa custo-efetiva para casos de dor no pescoço refratária […]

Como realizar anticoncepção de emergência?

Há duas formas atuais aceitáveis de oferecer a anticoncepção de emergência (AE). A primeira, conhecida como regime ou método de Yuzpe, utiliza anticonceptivos hormonais orais combinados (AHOC) de uso rotineiro em planejamento familiar e conhecidos como “pílulas anticoncepcionais”. O Método de Yuzpe consiste na administração de pílulas anticoncepcionais combinadas, compostas de um estrogênio e um […]

A erva mate possui ação terapêutica comprovada cientificamente?

As propriedades terapêuticas da erva mate ainda não foram amplamente investigadas em estudos clínicos e sua eficácia necessita ser investigada a longo prazo. Ilex paraguariensis, conhecida como erva mate possui diversas ações terapêuticas relatadas na literatura etnofarmacológica1. Dentre essas, as ações investigadas nos ensaios clínicos que correspondem a problemas prevalentes na Atenção Primária à Saúde […]

Quais os tratamentos não medicamentosos para dor crônica?

Existem várias modalidades de tratamento não medicamentoso para dor crônica: intervenções comportamentais, psicoterapia, técnicas de relaxamento, acupuntura e auriculoterapia são as principais. Primeiramente para abordagem adequada da dor crônica é importante ter em mente que a evolução do tratamento para dor depende de respostas individuais da relação do paciente com sua própria dor¹. A dor […]

Quais as evidências científicas para o uso do Guaco na Atenção Primária à Saúde?

A Mikania glomerata Spreng pertence à família Asteraceae e conhecida popularmente como Guaco. Está nas folhas da planta a maior concentração do marcador químico (a Cumarina). As folhas de Guaco são comumente usadas ​​como um extrato, xarope ou infusão para o tratamento de bronquite, asma e tosse, por sua ação broncodilatadora, expectorante e supressora da […]

Quais as evidências para o uso de Garra do Diabo na Atenção Primária à Saúde?

Alguns ensaios clínicos comprovaram a ação anti-inflamatória da planta Harpagophytum procumbens, conhecida popularmente como Garra do diabo2,3,4, seu uso é recomendado para o tratamento da dor lombar baixa aguda e como coadjuvante nos casos de osteoartrite1. A melhora da dor por osteoartrite de punho, cotovelo, ombro, quadril e joelho foi significativa, sendo que 60% das […]

Quais os riscos para um hipertenso que não toma medicação de forma correta?

A pressão alta ataca os vasos que se tornam endurecidos e estreitados. Se não é controlada, com o passar dos anos, os vasos afetados podem entupir ou romper. Quando isto acontece no coração, pode causar infarto; no cérebro, pode causar o derrame (chamamos de acidente vascular cerebral – AVC) ou um quadro de demência precoce. […]

Quais analgésicos e anti-inflamatórios podem ser usados em gestantes?

O paracetamol  (Dôrico®, Tylenol®) é o analgésico de escolha durante a gravidez, evitando-se sempre o uso de altas doses, pelo potencial hepatotóxico (1). A dipirona sódica (Novalgina®) é o analgésico de segunda escolha, pois pode provocar agranulocitose, ou seja, a redução do número de granulócitos no sangue periférico (neutropenia), podendo predispor o indivíduo às infecções […]

Quais as evidências para a recomendação da Cáscara Sagrada?

Rhamnus purshiana, conhecida popularmente como Cáscara Sagrada, é uma planta comumente utilizada como laxante  para o tratamento da constipação intestinal1,2,3. (Grau de recomendação D-4) Sua ação se deve a presença de derivados hidroxiantracênicos e casacrosídeos (reconhecidos como marcadores químicos). Essas substâncias estimulam a motilidade do cólon e aumentam a permeabilidade paracelular; em decorrência, há aumento […]