Contato

SOF - CIAP2

W01 Questão sobre gravidez Assinar Feed RSS

Quanto tempo após a interrupção do uso de medroxiprogesterona pode ocorrer o retorno da menstruação e da fertilidade?

Após a interrupção do uso da medroxiprogesterona de depósito, a paciente pode ficar em amenorreia por até 1 ano (média de 7 meses). O retorno da fertilidade (ovulação) também pode ser lento, em média 9 meses após a última injeção. Após 10 meses, cerca de 50% das mulheres conseguirá gestar. Entretanto, em uma pequena parcela […]

Qual o prazo adequado para nova tentativa de gestação após a ocorrência de um aborto?

A abordagem mais ampla deve enfocar o Planejamento Familiar pós abortamento. É importante que a mulher esteja ciente que pode estar apta a engravidar em torno de 15 dias após o abortamento. Recomenda-se a abstinência sexual enquanto existir sangramento e que se avalie profundamente o desejo de uma nova gestação e como se organiza a […]

Existe algum risco no uso de tinturas (henna) nas sombrancelhas das gestantes?

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), a maioria das informações necessárias na avaliação do risco potencial de um produto cosmético (henna) depende dos ingredientes que compõem sua fórmula (1).

Por que as gestantes não podem fazer uso de refrigerantes e café? O que pode acontecer a elas e aos fetos?

As bebidas açucaradas (como os refrigerantes e os sucos industrializados) e as bebidas com cafeína (café, chá preto e chá mate), dificultam o aproveitamento de alguns nutrientes e devem ser evitadas durante o período de gestação para favorecer o controle de peso. Esses alimentos, também estão associados as queixas mais frequentes na gestação como por […]

Existem atividades que a gestante deve privar-se durante a gestação?

Caso a gestação esteja transcorrendo normalmente, sem nenhuma intercorrência, não há necessidade de privar a gestante de nenhuma atividade que faz regularmente. 1,2,3 Entretanto o profissional de saúde deve orientar a gestante em relação aos riscos relacionados ao: esforço físico excessivo, atividade sexual, viagens, carga horária extensa de trabalho, rotatividade de horário, exposição a agentes […]

A amamentação é contraindicada caso a mãe esteja com toxoplasmose ou contraia a doença no puerpério?

A toxoplasmose materna não contraindica a amamentação, em nenhuma das duas situações, uma vez que não há nenhuma evidência de que a toxoplasmose possa ser transmitida através do leite materno. A transmissão da doença pode ocorrer de três formas, primeiro pela ingestão de tecidos de animais infectados, contendo cistos de Toxoplasma, através de carne crua […]

Quais analgésicos e anti-inflamatórios podem ser usados em gestantes?

O paracetamol  (Dôrico®, Tylenol®) é o analgésico de escolha durante a gravidez, evitando-se sempre o uso de altas doses, pelo potencial hepatotóxico (1). A dipirona sódica (Novalgina®) é o analgésico de segunda escolha, pois pode provocar agranulocitose, ou seja, a redução do número de granulócitos no sangue periférico (neutropenia), podendo predispor o indivíduo às infecções […]

Qual antibiótico e anti-inflamatório de eleição para casos de infecção dentária em pacientes gestantes?

As penicilinas são os antibióticos mais indicados durante a gestação na prevenção e no tratamento de infecções maternas e intrauterinas, pois agem na parede celular, estrutura que somente as bactérias possuem, sendo, portanto, atóxicas aos organismos materno e fetal. Podem ser administradas com segurança em qualquer período da gestação (1). Dentro do grupo das penicilinas, […]

Como utilizar o ácido fólico no período gestacional?

De acordo com orientações atualizadas do Ministério da Saúde, a suplementação vitamínica com ácido fólico é recomendada para a mulher em idade fértil, dois meses antes de engravidar e nos dois primeiros meses da gestação. O ácido fólico é uma vitamina hidrossolúvel do complexo B, que atua no processo de multiplicação das células e na […]

Há interferência da nova vacina dTpa no ciclo gestacional?

A vacina dTpa (tríplice bacteriana acelular do tipo adulto), é uma vacina inativada, contra difteria, tétano e coqueluche, sem evidências de riscos para a gestante e o feto É utilizada para reduzir os problemas causados pela doença nos recém-nascidos. Essa vacina foi introduzida no Programa Nacional de Imunização a partir de novembro de 2014. De […]