Contato

SOF - CIAP2

X86 Esfregaço de papanicolau / colpocitologia oncótica anormal Assinar Feed RSS

O que fazer diante de um laudo de Papanicolau que apresente amostra parcialmente obscurecida por áreas purulentas?

No caso da “amostra parcialmente obscurecida por áreas purulentas” ela pode ser caracterizada como uma amostra “satisfatória, porém limitada para avaliação” ou uma amostra “insatisfatória” para avaliação. Em ambas as situações há necessidade, o mais breve possível, da repetição do exame, uma vez que o estudo oncológico foi comprometido ou não foi possível a análise, […]

Qual a conduta diante de um resultado de exame citopatológico (CP) somente com células escamosas?

O resultado de exame citopatológico (CP), com esfregaço normal somente com células escamosas não necessita de repetição imediata do exame, deve ser realizado novo CP com intervalo de um ano.

A coleta do exame Papanicolau com auxílio de vaselina líquida altera o resultado?

O uso de lubrificantes como a vaselina líquida no espéculo para a coleta da amostra não é recomendado. O Ministério da Saúde aconselha evitar a utilização de lubrificantes, espermicidas e medicamentos vaginais 48 horas antes da coleta, pois esses tipos de substâncias recobrem os elementos celulares, prejudicam a qualidade da amostra para o exame citopatológico […]

Deve-se repetir o citopatológico quando o resultado contém apenas representação do epitélio escamoso?

Quando o resultado do citopatológico apresenta esfregaços normais, somente com células escamosas, recomenda-se a repetição com intervalo de um ano, e, após dois exames normais consecutivos, o intervalo poderá ser de três anos, desde que empregada técnica correta para coleta do material, assim como a fixação do material na lâmina. (1) Amostra satisfatória é aquela […]

Qual a conduta para o controle das DST/AIDS e rastreamento de CA de colo de útero em mulheres homo/bissexuais?

Nos cuidados sexual ou reprodutivo deve-se considerar que qualquer paciente, mesmo grávida, pode ser uma mulher lésbica ou bissexual. Assim, nos atendimentos ginecológicos, às DST/AIDS/HIV, incluindo o planejamento familiar, deve-se contemplar o aconselhamento sobre prevenção e prática do sexo seguro, cuidado com uso de objetos (brinquedos eróticos), bem como a investigação de sintomatologia, pois a […]

O que significa metaplasia escamosa imatura no resultado do Papanicolau (CP do colo de útero)?

Metaplasia escamosa imatura como resultado do exame citopatológico de colo uterino significa uma reparação, ou seja, decorre de lesões da mucosa do colo com exposição do estroma e pode ser originado por quaisquer agentes que determinem um processo inflamatório (candidíase, vaginose bacteriana, etc), sendo geralmente a fase final. Recomenda-se seguir a rotina de rastreamento citopatológico, […]

O que significa citólise no resultado do exame de Papanicolau (CP de colo do útero)?

Citólise significa morte celular, que pode acontecer tanto em situações fisiológicas (normais do corpo feminino) ou em situações patológicas (doenças) quando muito intensa e persistente. Esta lise das células (rompimento das células e sua morte) acontece principalmente nas células epiteliais da camada intermediária do tecido que reveste o colo uterino e a vagina internamente. Estas […]

Qual medicamento indicado para adequar o colo uterino à coleta do citopatológico em pacientes que necessitam de estrogenização, e por quanto tempo deve ser utilizado?

A estrogenização do colo do útero preferencialmente deve ser feita através do uso de medicamento tópico por um período de sete dias consecutivos, com a coleta do “exame preventivo do câncer de colo do útero” (CP) ocorrendo três a sete dias após o término da estrogenização (1). Não foram encontrados estudos mostrando vantagem de um […]

Qual é a conduta mais indicada para coleta do citopatológico em mulheres com atrofia do epitélio vaginal?

Para realização do exame preventivo em padrão que garanta a qualidade dos resultados, a mulher deve evitar relações sexuais, uso de duchas ou medicamentos vaginais e anticoncepcionais locais nas 48 horas anteriores ao exame. Além disto, o exame não deve ser feito no período menstrual, pois a presença de sangue pode prejudicar o diagnóstico citológico. […]

Quais as diferenças entre NIC I, NIC II e NIC III?

O câncer do colo do útero é uma afecção progressiva iniciada com transformações intra-epiteliais progressivas que podem evoluir para um processo invasor num período que varia de 10 a 20 anos. O colo do útero é revestido por várias camadas de células epiteliais pavimentosas, arranjadas de forma bastante ordenada. Essa desordenação das camadas é acompanhada […]