Contato

SOF - Tipos de Profissional

Médico Assinar Feed RSS

Qual o método de ensaio da medida de hemoglobina glicada (A1C) mais confiável?

Segundo a última recomendação da American Diabetes Association (2017), o método de ensaio da medida de hemoglobina glicada (A1C) mais confiável é o método certificado pelo National Glycohemoglobin Standardization Program (NGSP) com rastreabilidade de desempenho analítico ao método utilizado no Diabetes Control and Complications Trial (DCCT) (1). Fonte: Adaptado de: American Diabetes Association. Standards of […]

Qual o significado da onda P no eletrocardiograma?

As alterações de amplitude ou duração da onda P sugerem sobrecarga atrial, enquanto a ausência de onda P com o ritmo irregular pode significar presença de fibrilação atrial (1). No entanto a ativação atrial é avaliada pela análise da onda P que é a deflexão habitualmente arredondada, de baixa amplitude e positiva em quase todas […]

Qual o esquema terapêutico para crianças menores de 30 kg com diagnóstico de hanseníase?

O esquema terapêutico para crianças com diagnóstico de hanseníase, considera o peso corporal como fator mais importante do que a idade (1) e a dose dos medicamentos do esquema padrão é ajustada de acordo com a idade e o peso(2).

Como realizar a avaliação inicial de um paciente hipertenso e diabético, com suspeita de Doença Renal Crônica?

O primeiro passo é avaliar o estágio de Doença Renal Crônica (DRC) através da Taxa de Filtração Glomerular (TFG). Recomenda-se calcular a TFG através da equação CKD-EPI (Chronic Kidney Disease Epidemiology Collaboration), a partir dos dados de creatinina sérica, idade, sexo e cor da pele. Há um aplicativo do Telessaúde RS que disponibiliza a calculadora […]

Quais são os valores referenciais dos triglicerídeos séricos para o início de tratamento medicamentoso?

Segundo a Atualização da Diretriz Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose de 2017, no qual sofreu modificações neste ano, os valores referenciais e os alvos terapêuticos foram determinados de acordo com o risco cardiovascular individual e com o estado alimentar, sendo os usuários com valores entre 150 e 499 mg/dL devem receber terapia individualizada, […]

Há indicação para uso de anti-inflamatórios tópicos para o alívio da dor musculoesquelética?

Os anti-inflamatórios tópicos (AINEs) são seguros e eficazes para o alívio da dor musculoesquelética em adultos, sendo utilizado para tratamento de dores agudas e crônicas. Os AINEs mais utilizado na dor aguda incluem o diclofenaco, ibuprofeno, cetoprofeno e o piroxicam. No caso de lesões agudas de tecidos moles, o cetoprofeno tópico pode ser mais eficaz […]

O uso de melatonina pode ser indicado para prevenir ou reduzir o jet lag em viajantes?

Jet lag é uma expressão em inglês que não possui uma tradução definida na língua portuguesa, comumente afeta viajantes aéreos que atravessam vários fusos horários. Ela resulta de uma dessincronização entre ritmos internos do corpo e ritmos ambientais no destino. A melatonina é um hormônio pineal que desempenha um papel central na regulação dos ritmos […]

A levotiroxina pode ser prescrita a paciente que faz uso de amiodarona?

A levotiroxina pode ser administrada em associação com amiodarona, pois não há relato de interação entre estas medicações 1.

Há relação entre a utilização do soro fisiológico aquecido para retirada de cerúmen da orelha, e a menor ocorrência de tontura ou sintomas labirínticos?

A solução de irrigação aquecida, utilizada para retirada de cerúmen da orelha, está associada com menos desconforto e vertigem do que a solução à temperatura ambiente. Um estudo duplo-cego, randomizado testou o nível de conforto e os efeitos secundários da irrigação orelha com soro fisiológico aquecido contra a irrigação com solução salina à temperatura ambiente,  […]

Quais as causas de aumento da ferritina sérica?

A ferritina sérica elevada é encontrada em um grande espectro de condições, tanto genéticas como adquiridas 3. Pode estar elevada em condições como hepatopatias, alcoolismo, malignidades, doenças infecciosas e inflamatórias (ex artrite reumatoide), hipertireoidismo, infarto agudo do miocárdio, doença renal avançada e sobrecarga de ferro (hemossiderose e hemocromatose)1,2.