A ciclobenzaprina é útil no tratamento da fibromialgia?

Apesar de estar sendo usada para o tratamento da fibromialgia, somente estudos de baixa qualidade avaliaram este relaxante muscular para uso nesta doença e mesmo assim com efeitos duvidosos.
Um estudo demonstrou que os efeitos da ciclobenzaprina para fibromialgia são passageiros e mesmo assim somente pequena parcela dos pacientes se beneficiam destes efeitos.
Uma metanálise de qualidade questionável encontrou que os pacientes em uso de ciclobenzaprina sentiam-se de maneira geral melhor, mas o único sintoma individual que objetivamente mostrou alguma melhora foi o distúrbio do sono, somente 5 estudos foram incluídos a maioria com escore de qualidade baixo e a média de acompanhamento dos pacientes foi menor do que 3 meses.
Além da modificação de estilo de vida com atividade física orientada deve-se realizar o tratamento adequado da dor podendo-se chegar até os opióides se necessário (nunca como primeira opção). Amitriptilina, trazodona ou nortriptilina apresentam bons resultados como adjuvantes para o controle da dor ocasionada pela fibromialgia. Em casos de difícil controle tem sido utilizado anticonvulsivantes.

 

Bibliografia Selecionada

  1. Bennett RM. Fibromyalgia and Chronic Fatigue Syndrome. In: Goldman L, Ausiello D. Cecil Medicine. 23rd ed. 2008. chap 295.
  2. Carette S, Bell MJ, Reynolds WJ, Haraoui B, McCain GA, Bykerk VP, Edworthy SM, Baron M, Koehler BE, Fam AG, et al. Comparison of amitriptyline, cyclobenzaprine, and placebo in the treatment of fibromyalgia. A randomized, double-blind clinical trial. Arthritis Rheum. 1994 Jan;37(1):32-40.
  3. Tofferi JK, Jackson JL, O’Malley PG. Treatment of fibromyalgia with cyclobenzaprine: A meta-analysis. Arthritis Rheum. 2004 Feb 15;51(1):9-13. Disponível em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/art.20076/pdf. Acesso em: 06 maio 2015