Como manejar os casos em que há presença de mioma na ultrassonografia transvaginal em Atenção Primária a Saúde?

A presença de mioma evidenciado durante o exame ultrassonográfico, habitualmente não necessitará de intervenção imediata, pois a maioria das mulheres é assintomática. Durante a consulta de enfermagem, a mulher deve ser orientada quanto ao problema e tranquilizada quanto a ausência de implicações graves e urgentes. Após o atendimento habitual da enfermagem na assistência à saúde da mulher, caso esta apresente sintomas relacionados ao mioma, a conduta é recomendar uma avaliação com o médico da equipe (generalista ou médico de família e comunidade).(1)

Os fatores a investigar seriam as repercussões clínicas deste problema na saúde da mulher, como a presença de sangramento uterino anormal e sua intensidade, presença de anemia, dor, urgência miccional, quantidade de miomas, tamanho e volume uterino e se há desejo de engravidar, pois, a conduta levará em consideração esses fatores.(1)

Inicialmente, não há necessidade de encaminhamento direto ao ginecologista. As mulheres com queixas clínicas devem ter prioridade no agendamento para avaliação com o médico da equipe, generalista ou médico de família e comunidade.(1)