É recomendável administrar penicilina benzatina em uma USF?

A administração da Penicilina Benzatina (Benzetacil®) na Unidade de Saúde da Família (USF) é segura, desde que estes sigam protocolos de identificação precoce de casos suspeitos de anafilaxia, de tratamento imediato e encaminhamento para unidades de referência. Considerando que esse medicamento é o tratamento preconizado para doenças de relevante impacto em saúde pública (como febre reumática e sífilis), a Portaria nº 3.161/2011 do Ministério da Saúde permite e regulamenta sua aplicação por enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, além de médicos e farmacêuticos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

O grande desafio para administração da Penicilina Benzatina na UBS é o receio dos profissionais de saúde da ocorrência de eventos adversos, principalmente a reação anafilática, sem que haja recursos adequados para a reversão destes quadros. No entanto, uma série de estudos nacionais e internacionais demonstram que, na grande maioria das vezes a reações adversas referem-se a distúrbios neurovegetativos ou reações vaso-vagais, caracterizados por ansiedade, medo, sudorese, associados à dor ou à possibilidade de sensação dolorosa frente à administração de quaisquer medicamentos parenterais ou de outros procedimentos.