Pacientes diabéticos com queixa de parestesia em extremidades, qual medicação mais indicada: amitriptilina ou vitamina B1?

É mais indicado o uso de antidepressivos tricíclicos (amitriptilina ou nortriptilina) ou anticonvulsivantes (carbamazepina ou ácido valproico)(1).

Em relação ao uso da vitamina B1(tiamina), apesar de haver relato de melhoras dos sintomas de dor com o uso de doses altas (600 mg ao dia), como os estudos são de curta duração (4 semanas), a eficácia da B1 permanece inconclusiva(2).

”As evidências mais consistentes são para os antidepressivos tricíclicos, com NNT de 4 para alívio moderado da dor. Devem ser iniciados em doses baixas (25 mg), com aumento gradual até resposta terapêutica ou efeitos adversos limitantes. A resposta costuma aparecer após 1 a 2 semanas do início do medicamento, mas ela aumenta até seis semanas após se atingir a dose-alvo ”’Há evidências limitadas, porém, boa experiência de uso, com carbamazepina e ácido valproico. A carbamazepina tem como desvantagem o elevado potencial para interações medicamentosas, enquanto a desvantagem do ácido valproico é a elevada teratogenicidade”(1).

É importante sempre orientar os pacientes sobre os efeitos adversos dos antidepressivos tricíclicos, sendo os mais comuns: sedação, ganho de peso e boca seca. Eles devem ser evitados em pacientes com distúrbios da condução atrioventricular e usados com cuidado em pacientes com neuropatia autonômica(1).