Existe algum risco no uso de tinturas (henna) nas sombrancelhas das gestantes?

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), a maioria das informações necessárias na avaliação do risco potencial de um produto cosmético (henna) depende dos ingredientes que compõem sua fórmula (1).

Podendo se apresentar em pó e creme, e há algumas formulações onde a composição pode apresentar blends (misturas), (2). No entanto, não foram encontrados na literatura estudos com evidências científicas sobre os efeitos nocivos à saúde das gestantes em relação do uso tópico de tinturas de Henna nas sobrancelhas no período gestacional.Durante a gestação, a pele sofrem numerosas alterações, a aparência clínica geral da pele está relacionada à vários fatores como a vascularização e tecido conjuntivo. As alterações cutâneas durante a gravidez podem ser melhor compreendidas ao examinar cada um desses diferentes aspectos da estrutura da pele (3).Sendo assim a quantidade da tintura em uma exposição, a técnica de aplicação, o período da gestação, o tipo de substância utilizada e a frequência das colorações são fatores importantes a serem considerados (4).Atualmente, grande variedade de produtos de tintura Henna estão disponíveis no mercado e tanto a pele/sobrancelhas, e o couro cabeludo podem absorver substâncias químicas que o mesmo pode conter em sua formulação, com o risco em potencial, de que algumas destas substâncias atinjam o feto, durante a gestação (4).O produto Henna, sendo produzida pela extração das folhas de Lawsonia inermis, ou o lawsone (2-hidroxi-1,4-naftoquinona), que é o componente puro da tintura. A coloração natural oferece uma faixa de cores limitada e é difícil predizer a intensidade (2), age através do processo de deposição com poder de fixação, dando aos fios/cabelos reflexos naturais. Sendo assim, a segurança é determinada sobretudo pela baixa absorção associada ao uso tópico. Porém, se usadas por tempo prolongado em áreas muito extensas da superfície corporal e em pele não íntegra, pode ocorrer aumento de absorção, com risco de complicações (5).O risco de agravos à saúde nos Estabelecimentos de Embelezamento pode ser variado e cumulativo tanto para os trabalhadores como para os clientes/gestantes, como a exposição a substâncias potencialmente tóxicas, como: tinturas e substância químicas no ambiente. Portanto, é de vital importância que todos os profissionais conheçam e adotem o conceito de Biossegurança a fim de se obter ambiente profissional livre de riscos para os trabalhadores e clientes (6). Atributos da APS A assistência pré-natal pressupõe avaliação dinâmica das situações de risco e prontidão para identificar problemas de forma a poder atuar, a depender do problema encontrado, de maneira a impedir um resultado desfavorável (7). Sendo de suma importância, avaliar o prurido durante a gravidez que é um sintoma importante de dermatose específica da gestação, embora possa ser fisiológico ou associado a doenças inflamatórias comuns de pele, infecções ou infestações (por exemplo, dermatite de contato alérgica) (8). SOF Relacionada:
  1. O uso de tinturas para cabelo em gestantes é prejudicial ao feto?