Existe alguma recomendação sobre a frequência para realização de exames de rotina em pacientes portadores de Diabetes Mellitus?

A solicitação de exames é sempre individualizada, levando em consideração aspectos como a condição clínica do paciente e o acesso aos exames, além dos protocolos locais de assistência à saúde. Recomenda-se numa avaliação inicial do paciente portador de Diabetes Mellitus (DM), os seguintes exames:

Glicemia de jejum e HbA1C (hemoglobina glicada);

Colesterol total (CT), HDL e triglicerídeos (TG);

Creatinina sérica;

Exame de urina tipo 1 e, se necessário, microalbuminúria ou relação albumina/creatinina;

Fundoscopia

Exames para avaliação cardiológica, como o eletrocardiograma (ECG), conforme necessidade individual, também podem ser solicitados.

A periodicidade destes exames dependerá do acompanhamento individual de cada paciente, considerando o alto risco cardiovascular para a pessoa com DM, o controle metabólico, as metas de cuidado e as complicações existentes. Sugere-se que os exames de glicemia de jejum e HbA1C sejam realizados duas vezes ao ano, nas situações em que a pessoa encontra-se dentro da meta glicêmica estabelecida e, a cada três meses, se acima da meta pactuada. Os demais exames poderão ser solicitados uma vez ao ano, considerando sempre as necessidades da pessoa e os protocolos locais.