Existe alguma recomendação sobre a frequência para realização de exames de rotina em pacientes portadores de Hipertensão Arterial Sistêmica?

A solicitação de exames é sempre individualizada, levando em consideração aspectos como a condição clínica do paciente e o acesso aos exames, além dos protocolos locais de assistência à saúde.  Para as pessoas portadoras de Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), sugere-se uma periodicidade anual dos seguintes exames:

Eletrocardiograma;

Dosagem de glicose;

Dosagem de colesterol total;

Dosagem de colesterol HDL;

Dosagem de triglicerídeos;

Cálculo do LDL = Colesterol total – HDL- colesterol – (Triglicerídeos/5);

Dosagem de creatinina;

Análise de caracteres físicos, elementos e sedimentos na urina (Urina tipo 1);

Dosagem de potássio;

Fundoscopia

No entanto, o profissional deverá planejar o acompanhamento individual de cada paciente, considerando sempre o risco cardiovascular, as metas de cuidado e as complicações existentes.

Bibliografia Selecionada

1. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: hipertensão arterial sistêmica. (Cadernos de Atenção Básica, n. 37). Brasília: Ministério da Saúde, 2014:128p. (Acesso em 07 nov 2020) Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/hipertensao_arterial_sistemica_cab37.pdf