Gestante com VDRL 1:1, tratada adequadamente em gestação anterior, precisa tratar novamente?

Se paciente e parceiro foram adequadamente tratados na gestação anterior e o casal permanece o mesmo, não há necessidade de tratamento novamente. A titulação de Venereal Disease Research Laboratory VDRL 1:1 é indicativa de titulação baixa e sem sinais de reinfecção. Recomenda-se, no entanto, que o VDRL seja repetido a cada 3 meses.

Quanto mais tardio for o tratamento, maior será a possibilidade do resultado do teste permanecer reagente para sempre, porém os títulos encontrados serão títulos baixos (entre 1:2 a 1:4) nos testes não treponêmicos, e reatividade nos testes treponêmicos. Esses resultados podem permanecer estabilizados pelo resto da vida, sem que isso indique a necessidade de retratamento. A possibilidade de reinfecção deve ser considerada quando um paciente previamente tratado apresentar no teste não treponêmico o aumento de dois ou mais títulos, quando comparado com os resultados dos testes anteriores. Por exemplo, quando título de 1:4 estabilizado pós- tratamento sobe para 1: 16 no exame de controle.