Gestantes, puérperas e nutrizes podem doar sangue?

Conforme a Legislação Atual – Resolução – RDC nº 153, de 14 de junho de 2004 – a gestação e o puerpério são uma das causas de inaptidão temporária para a doação de sangue. Segue o que se encontra na Resolução:
Gestação e puerpério: são excluídas as gestantes, as puérperas até 3 meses após o parto, e as mulheres que amamentam.

 

Bibliografia Selecionada

  1. Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução-RDC Nº 153, de 14 de junho de 2004. Determina o Regulamento Técnico para os procedimentos hemoterápicos, incluindo a coleta, o processamento, a testagem, o armazenamento, o transporte, o controle de qualidade e o uso humano de sangue, e seus componentes, obtidos do sangue venoso, do cordão umbilical, da placenta e da medula óssea[Internet]. Brasília, DF: Agência Nacional de Vigilância Sanitária; 2004[citado 2008 Jul 18]. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/resolucao_153_2004.pdf. Acesso em: 06 maio 2015