O que é esporão de calcâneo?

A entesopatia de calcâneo (esporão) é um crescimento ósseo extra do osso do calcanhar. Ele pode se formar quando a fáscia plantar (tecido que reveste a região do pé) faz excessiva tração sobre o calcanhar. O esporão de calcâneo é encontrado em 10% da população assintomática, nas pessoas de meia idade e em 40 a 50% dos idosos e, por tal motivo, não se deve atribuir imediatamente ao esporão a causa da dor plantar.
Comumente o esporão causa dor durante seu desenvolvimento, podendo se tornar menos doloroso ou indolor à medida que o pé ajusta-se a este crescimento ósseo. Quando existe um esporão, a aplicação de pressão no centro do calcanhar provoca dor, indicando o diagnóstico. Exames radiológicos podem ser realizados para confirmar esta hipótese diagnóstica, mas eles podem não detectar lesões recém-formadas, não sendo sempre necessária a sua realização.
O tratamento visa o alívio da dor, assim como a manutenção funcional do pé. Observa-se que a maioria dos esporões do calcâneo dolorosos cura sem necessidade de cirurgia. A cirurgia de remoção do esporão somente deve ser realizada quando a dor interferir na deambulação. No entanto, os resultados da cirurgia são imprevisíveis, podendo persistir a dor.
Cuidados com os calçados utilizados, evitando sapatos apertados e saltos excessivamente altos ou baixos (rasteirinhas) são muito importantes, pois podem melhorar consideravelmente a saúde dos pés.
O excesso de peso também está muito relacionado com sintomas nos pés, devendo ser estimulados hábitos de vida saudáveis, como ingesta alimentar adequada e prática de atividade física, com calçados adequados.
A dor nos metatarsos é a forma mais comum de dor nos pés, mais frequente com o avançar da idade, por ganho de peso e diminuição do tônus muscular. Este problema é muito mais comum nas mulheres, sendo 8 atingidas para cada homem.
Além do esporão de calcâneo, outros problemas podem causar dor no calcâneo e região posterior, como:

  • doenças do coxim adiposo;
  • fasceite plantar;
  • fratura por estresse do calcâneo;
  • bursite calcânea;
  • apofisite do calcâneo;
  • impacto posterior;
  • lesões tendíneas;
  • entre outras.