O que é hipotireoidismo subclínico?

HIPOTIREOIDISMO SUBCLÍNICO ocorre quando há uma discreta diminuição dos hormônios tireoidianos, porém suas concentrações encontram-se dentro da faixa de normalidade. No entanto, devido a elevada sensibilidade hipofisária, ocorre elevação discreta do TSH. É consenso tratar o hipotireoidismo subclínico apenas nos indivíduos com TSH superior a 10mUI/L e grande risco de desenvolver hipotireoidismo, ou seja, com a presença de anticorpos antireoidianos presentes. Aqueles com valores de TSH inferiores a 10, só devem ser tratados se ocorrer dislipidemia associada e não respondente ao tratamento específico, risco cardiovascular elevado, presença de bócio, gestantes, mulheres inférteis com desejo de engravidar e presença de sintomas de hipotireoidismo.
Já no HIPOTIREOIDISMO declarado, ocorre uma diminuição mais severa da produção hormonal pela tireóide, abaixo do valor da normalidade, e elevação do TSH.
Os sintomas mais comuns do hipotireoidismo são: sudorese diminuída, rouquidão, parestesia, pele seca, constipação intestinal, diminuição da acuidade auditiva e ganho de peso.
O tratamento do hipotireoidismo constitui-se na reposição de T4 sintético, a levotiroxina sódica.

 

Bibliografia Selecionada

  1. Duncan BB, Schmidt MA, Giugliani ERJ. Medicina Ambulatorial: Condutas Clínicas em Atenção Primária. 2ªed. Porto Alegre:Artes Médicas; 1996
  2. GUSSO G; Lopes JMC. Tratado de Medicina de Família e Comunidade. 1. ed. Porto Alegre: Artmed, 2012. v. 2.