O que fazer diante de um laudo de Papanicolau que apresente amostra parcialmente obscurecida por áreas purulentas?

No caso da “amostra parcialmente obscurecida por áreas purulentas” ela pode ser caracterizada como uma amostra “satisfatória, porém limitada para avaliação” ou uma amostra “insatisfatória” para avaliação. Em ambas as situações há necessidade, o mais breve possível, da repetição do exame, uma vez que o estudo oncológico foi comprometido ou não foi possível a análise, respectivamente”1. A causa da secreção parcialmente purulenta deve ser tratada para que possa ser repetido o exame.