O que mudou na vacinação contra febre amarela?

Desde abril de 2017, o Ministério da Saúde passou a adotar a dose única da vacina contra a febre amarela para as áreas com recomendação de vacinação em todo o país. Indivíduos que já receberam pelo menos 1 (uma) dose da vacina são considerados imunes para o resto da vida, não necessitando de doses adicionais e/ou dose de reforço.

Não é mais indicado realizar 1 (uma) dose da vacina em crianças entre seis e oito meses de idade nos municípios com suspeita de surto. No entanto, nas crianças que já receberam 1 (uma) dose nessa faixa etária, deve-se administrar a dose prevista no Calendário Nacional de Imunizações aos Não é mais indicado realizar 1 (uma) dose da vacina em crianças entre seis e oito meses de idade nos municípios com suspeita de surto. No entanto, nas crianças que já receberam 1 (uma) dose nessa faixa etária, deve-se administrar a dose prevista no Calendário Nacional de Imunizações aos 9 (nove) meses de idade, respeitando o intervalo mínimo de 30 dias entre as doses. Também não é mais necessário realizar a dose de reforço aos 4 (quatro) anos de idade. Essa mudança foi recomendada pela Organização Mundial da Saúde em 2014, com base em dados de vigilância disponíveis. Os estudos demonstraram que as falhas na vacina são extremamente raras e não aumentam à medida que o tempo passa após a imunização. Uma única dose de vacina contra a febre amarela é suficiente para conferir imunidade e proteção ao longo da vida. Apenas o Brasil ainda aplicava duas doses da vacina. SOF relacionadas:
  1. A vacina contra febre amarela pode ser administrada juntamente com outras vacinas?
  2. Quais são as contraindicações para realizar vacina contra febre amarela?
  3. Quanto tempo após o parto as puérperas podem ser vacinadas contra a febre amarela?
  4. Existe contraindicação para a vacinação contra a febre amarela em pessoas acima de 60 anos?
  5. Quais são as orientações referentes à Febre Amarela podem ser repassadas, pelos profissionais de saúde, às comunidades que não possuem indicação para vacinação?