O que o ACS deve saber sobre animais peçonhentos?

ANIMAL PEÇONHENTO é aquele que possui veneno e apresenta uma estrutura para inocular este veneno: serpentes (presas), aranhas (quelíceras), escorpiões (aguilhão) e lagartas (cerdas).
ANIMAL VENENOSO é aquele que possui veneno, mas não apresentam estrutura para inocular este veneno: sapos, outros.
Exemplos de animais peçonhentos:
LAGARTA: taturana
ARANHAS: arranha-marrom, caranguejeira, armadeira e aranha-de-jardim
COBRAS: coral verdadeira, cascavel, jararaca e cruzeira
ESCORPIÕES: preto, amarelo e manchado

Primeiros socorros em caso de picada de cobra, aranha, escorpião e contato com taturana:

  • Não amarre a perna ou braço, nem faça torniquetes. O garrote impede a circulação sanguínea e pode produzir necrose ou gangrena. Muitas vezes o garrote agrava os efeitos da mordida.
  • Não faça sucção, corte ou perfure o local (ou próximo da) picada, pois agrava o acidente.
  • Não coloque folhas, pó de café ou qualquer substância que possa contaminar a ferida e não faça uso de qualquer prática caseira que possa retardar o atendimento médico.
  • Não dê álcool, querosene ou qualquer outro líquido tóxico à vítima.
  • Remova anéis, relógios, prevenindo assim complicações decorrentes do inchaço.
  • Mantenha o acidentado deitado e quieto, com o mínimo de movimentos possíveis, pois os movimentos facilitam a absorção do veneno.
  • Mantenha o membro ferido em posição elevada para que não aumente a circulação sanguínea no local e espalhe mais rapidamente o veneno.
  • Lave o local ferido com água e sabão, faça a higiene no local, acima e abaixo do mesmo. Se o local apresentar dois furinhos, é certeza de que se trata de serpente peçonhenta.
  • Leve o acidentado para o posto de saúde mais próximo e sempre que possível, encaminhe o animal junto à vítima.

Se causado por COBRAS:
Procure identificar a serpente (se possível, matar e levar com o paciente). Se isso não for possível, ver se tem chocalho no final da cauda (cascavel) ou, se é colorida em preto, vermelho e branco (coral). Em nenhuma circunstância a extremidade deve ser envolvida com gelo. Se já passou mais de 30 minutos desde o momento da picada, não adiantará qualquer medida local de primeiros socorros. Deve-se manter os cuidados gerais de repouso e apoio psicológico: verificando os sinais vitais prevenindo de estado de choque e transportar a vítima o mais rápido possível ao serviço de emergência médica.

Se causado por ESCORPIÃO/ARANHA/TATURANA:
Aplicar compressas frias ou gelo sobre o local da ferroada/picada/contato para auxiliar no alívio da dor.

Orientações para prevenção de acidentes por animais peçonhentos:

  • Sacuda e examine calçados e roupas antes de usar.
  • Mantenha limpos os locais próximos a residências (evite acúmulo de lixo, etc.).
  • Não coloque mãos ou pés em buracos, montes de pedra ou lenha.
  • Use sempre calçados e luvas durante as atividades rurais.
  • Use telas e vedantes em portas e janelas.
  • Crie aves domésticas (predadores naturais) em zonas rurais.
  • Evite contato com lagartas, olhando atentamente para as folhas e troncos de árvores.

Como coletar esses animais?
LAGARTAS URTICANTES – use luva e camisa de manga longa para sua proteção; use pinça longa ou graveto; coloque em frasco com tampa furada ou com garrafa de refrigerante cortada ao meio e furada com algumas folhas da vegetação onde se encontrava; acondicione em potes com no máximo 20 lagartas e em garrafas com no máximo 50 lagartas; não esqueça de tampar firmemente a embalagem.
ARANHAS – coloque uma embalagem plástica ou de vidro sobre o animal; passe, cuidadosamente, uma folha de papel firme (duro) entre a embalagem e a superfície onde o animal se encontra e inverta o conjunto (embalagem e papel); faça furos na tampa para ventilar.
SERPENTES – use um gancho ou galho de árvore resistente; coloque o animal em caixa de madeira ou de plástico, de tamanho adequado, com abertura (furos) para ventilar; verifique se a caixa está bem fechada.
ESCORPIÕES – utilize uma pinça longa (ou gravetos); coloque em embalagem plástica transparente com tampa de boca larga e furada.

 

Atributo APS Sugere-se que sejam feitas discussões na comunidade sobre o tema, principalmente nas áreas avaliadas como prioritárias, para a conscientização das medidas de prevenção de acidentes e controle desses animais. Ações educativas em relação ao risco de acidentes, primeiros socorros e medidas de controle individual e ambiental fazem parte das atividades a serem desenvolvidas durante as visitas. Na medida do possível, o envolvimento de diversos outros níveis como escolas, igrejas e outras associações comunitárias, para a realização de atividades de educação ambiental e conscientização pode melhorar o alcance dessas ações - Orientação comunitária Educação Permanente Estão anexadas a esta resposta materiais contendo informações e exemplos de animais peçonhentos de interesse médico do Rio Grande do Sul. Todos os materiais contêm imagens para auxiliar vocês nas ações de educação em saúde. O Centro de Informação Toxicológica do RS (CIT) presta serviço de atendimento 24 horas para orientação frente a acidentes tóxicos e identificação de animais peçonhentos. O telefone é 0800.721.3000. Acesse cartilhas/folders com estas informações.