O contraceptivo injetável pode ser prejudicial ou contraindicado para paciente de 32 anos que realizou laqueadura há 3 anos e tem um fluxo menstrual intenso?

A laqueadura tubária, também conhecida como ligadura tubária ou ligadura de trompas é um método anticoncepcional cirúrgico definitivo. Apresenta elevada eficácia através do bloqueio das trompas, situação que impede o encontro do espermatozoide do homem com o óvulo da mulher.
Após a realização da laqueadura tubária as mulheres continuam menstruando normalmente. Em alguns casos as mulheres submetidas ao procedimento referem que passaram a apresentar fluxos menstruais mais intensos, mas isso não tem relação com o procedimento e sim com a interrupção de métodos anticoncepcionais hormonais (pílula ou injeção) que eram utilizados até a realização do procedimento.
Fluxo menstrual intenso pode ser ocasionado por uma série de doenças benignas (p.ex. miomas, ovários policísticos, endometriose), não ter causa específica definida e, nesta faixa etária, RARAMENTE pode ser câncer. Por isso, frente a uma situação como essa, a pessoa merece avaliação médica na tentativa de definir a causa ou então excluir doenças graves, para depois então receber tratamento adequado, que pode ser medicamentoso ou cirúrgico.