Pacientes com artrose beneficiam-se do uso de glicosamina e condroitina em associação ao tratamento tradicional com analgésicos e antinflamatórios?

A Condroitina mostra benefícios em reduzir dor e melhorar a função quando comparada ao placebo quando usada de forma oral ou intramuscular, segundo o resultado de duas revisões sistemáticas. De todos os ensaios clínicos selecionados para estas revisões somente um não demonstrou benefício.
Já a glicosamina apresenta evidências limitadas de efeito, tanto para dor quanto para melhora de função em duas revisões sistemáticas, entretanto alguns ensaios clínicos demonstraram algum benefício de seu uso.
Assim, a Condroitina é considerada droga benéfica para o tratamento da artrose e deve ser prescrita aos pacientes com esta doença. A Glicosamina encontra-se no grupo das drogas em que não conhecemos bem a efetividade e que merecem mais estudos. Como alguns estudos já demonstraram alguns resultados positivos e a Glicosamina mostrou-se tão segura quanto o placebo o seu uso pode ser implementado conforme as preferências do médico e do paciente.

Bibliografia Selecionada

  1. Chard JA, Lohmander S, Smith CM, Scott D. Osteoarthritis of the Knee. In: Godlee F. Clinical Evidence; 2007.