Pacientes não circuncisados com candidíase de repetição tem indicação para postectomia?

Pessoas com fimose e que apresentem balanopostites de repetição (fúngicas ou bacterianas) tem indicação de postectomia (hoje em dia não se realiza a circuncisão, a menos por motivos religiosos, e sim somente o descolamento do prepúcio).
Em pessoas com candidíase de repetição e sem o prepúcio aderido não há indicação de procedimento cirúrgico.
O uso de agentes tópicos como cetoconazol ou clotrimazol usados 3 a 4 X ao dia por 14 dias costumam resolver, desde que acompanhados de higiene adequada com exposição da glande e uso de preservativo. Algumas pessoas podem preferir o uso de fluconazol 150 mg em dose única. Em casos refratários a terapia com fluconazol 14 dias ou eventualmente terapia supressiva contínua com esta mesma droga pode ser necessária.
Pacientes com candidíase refratária devem ter sua imunidade investigada e avaliação da possibilidade de diabete melito.

 

 

Bibliografia Selecionada

  1. Mayser P. Mycotic infections of the penis. Andrologia. 1999;31 Suppl 1:13-6.
  2. Kauffman CA. Candidiasis. In: Goldman L, Ausiello D, editors. Cecil Medicine. 23rd ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2008: chap 359.