Pessoas com Lúpus podem utilizar as vacinas das unidades básicas de saúde?

O paciente portador de Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES), pode utilizar algumas vacinas disponibilizadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) disponíveis nas unidades básicas de saúde, pois aumentam as defesas do organismo. Já as vacinas Pneumocócica, Meningocócica e Hepatite A devem ser adquiridas pelo CRIEs (Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais) por meio de um relatório médico descrevendo o quadro clínico do paciente(1,2). 

Nesses pacientes as autoridades sanitárias do Brasil indicam realizar a vacinação anual contra o vírus da gripe, embora não haja evidência forte comprovando sua efetividade nesses casos(3). Indicam também a vacinação antipneumocócica a cada 5 anos, embora a Revisão Sistemática com metanálise da Cochrane tenha em suas conclusões “que a vacinação pode não oferecer tanta proteção em adultos com doenças crônicas quanto a adultos saudáveis”(4). Em pacientes com LES e em uso de imunossupressores, devem-se evitar vacinas com vírus vivos atenuados(3). Segundo o manual do PNI, há contraindicação da Vacina Contra Febre Amarela (FA), em indivíduos com doenças autoimunes ( Lúpus entre outras), doenças neurológicas ou outros problemas de saúde crônicos deverão ter a contraindicação para vacinação contra febre amarela avaliada caso a caso, preferencialmente pelo médico que o acompanha, considerando a evolução clínica, os antecedentes vacinais e o risco da febre amarela na área(5).