Quais as mudanças ocorridas no calendário de vacinação?

O Ministério da Saúde anunciou  a introdução de duas novas vacinas para crianças a partir do segundo semestre do ano de 2012. O Calendário Básico de Vacinação Infantil passará a contar com a vacina pentavalente e a vacina injetável contra a pólio, feita com vírus inativado, e que será utilizada em paralelo à campanha nacional de imunização realizada com as duas gotinhas da vacina oral. A nova vacina, entretanto, só será aplicada em crianças que estão iniciando o calendário de vacinação.
Outra novidade a ser introduzida no segundo semestre, a vacina pentavalente reúne em uma só dose proteção contra cinco doenças: difteria, tétano, coqueluche, Haemophilus influenza tipo B e hepatite B. Atualmente, a imunização para essas doenças é oferecida em duas vacinas separadas. As crianças serão vacinadas aos dois, aos quatro e aos seis meses de idade.
Vacina injetável contra pólio será aplicada aos 2 e 4 meses.
Com o novo esquema, além da pentavalente, a criança manterá os dois reforços com a vacina DTP (difteria, tétano, coqueluche). O primeiro a partir dos 12 meses e o segundo reforço entre 4 e 6 anos. Além disso, os recém-nascidos continuam a receber a primeira dose da vacina hepatite B nas primeiras 12 horas de vida para prevenir a transmissão vertical.