Como aplicar nitrato de prata para cauterização de granuloma umbilical de recém-nascido?

O nitrato de prata pode ser prescrito (por profissional habilitado) para o tratamento de granuloma umbilical de recém-nascido, na forma de bastão ou solução aquosa manipulada a 10%, com aplicação de 1 a 2 vezes por semana, durante 2 a 3 semanas.

Cuidados antes da aplicação:

– Orientar mãe ou cuidador que o procedimento é indolor à criança, pois não há terminações nervosas no granuloma;

– Reunir o material necessário para aplicação: cotonete, nitrato de prata e luvas de procedimento; e

– Higienizar as mãos para colocação de luvas.

Cuidados durante a aplicação:

– Observar o aspecto do granuloma – na presença de secreção, utilizar água e sabão para melhor visualização da região e diminuir a flora bacteriana;

– Realizar higiene prévia com cotonete embebido em álcool a 70 %, no sentido de dentro do umbigo para fora;

– Limpar a superfície da pele circundante com o segundo cotonete e pincelar o restante do coto com outro cotonete;

– Atenção: proteger a pele da região peri-cicatriz com óleo de amêndoas ou solução de ácidos graxos essenciais, para evitar queimadura química do nitrato na pele íntegra;

– Aproximar o bastão ou a solução de nitrato de prata sobre o granuloma por alguns segundos até mudar de coloração; trocar de região até completar toda a área do granuloma.

Cuidados após a aplicação:

– Cobrir com compressa de gaze, sem fixar, para proteger a região de atritos;

– Orientar a mãe para higienizar a cicatriz umbilical com água e sabão no banho, removendo secreções e crostas, para diminuir a população bacteriana no local;

– Aplicar álcool a 70 % após banho, deixando o local sempre seco, com troca 3 x ao dia, em toda troca de fralda, após o banho, após a queda do coto e até a cicatrização;

– Colocar a fralda dobrada para frente e abaixo do coto para evitar irritação e umidade local. A área do coto deve ser mantida livre de urina e fezes e a limpeza deve ser diária.

A mãe ou cuidador responsável deve ser orientado sobre o processo de cicatrização, e estar alerta quanto a presença de sinais de inflamação ao redor do umbigo - edema, hiperemia e calor no local com ou sem sinais sistêmicos de infecção. Nestes casos, deve-se suspeitar de onfalite, que é uma infecção grave e necessita imediata avaliação médica. Complementação O granuloma umbilical é um defeito de cicatrização que consiste na formação de um broto de tecido de granulação que se ergue do fundo da cicatriz umbilical, de cor vermelha, aspecto úmido e presença de secreção serosa ou sanguinolenta.