Quais os cuidados na administração de medicamentos psicotrópicos?

Os principais erros cometidos durante a administração de medicamentos psicotrópicos estão associados a distrações ambientais, conhecimento insuficiente sobre farmacologia, erros provenientes da interpretação da escrita da prescrição médica e prescrições incompletas, dificuldade para calcular a dosagem da medicação corretamente, e pressão relacionada ao trabalho. Associados a essas dificuldades o enfermeiro também pode ter dificuldades em relação a má adesão ao tratamento medicamentoso pelo paciente e as barreiras de comunicação culturais e linguísticas dos pacientes.

Os cuidados na administração de medicamentos psicotrópicos são os mesmos para qualquer administração de medicamentos independente de sua categoria farmacológica considerando os 9 acertos para a administração segura de medicamentos (paciente certo, medicamento certo, dose certa, via certa, hora certa, tempo certo, validade certa, abordagem certa, registro certo).

Além disso, é necessário avaliar a história clínica do paciente e realizar o exame físico rigoroso; avaliar os sinais vitais antes, durante e após a administração do medicamento e conhecer os efeitos adversos dos grupos de medicamentos mais utilizados na área da psiquiatria, quer sejam, psicotrópicos ou clínicos em geral comumente utilizados para potencializar seus efeitos, ou reduzir o risco de efeitos adversos.

Combater o erro na administração de medicamentos é uma responsabilidade predominantemente organizacional em vez de individual.

Teleconsultor: Amanda Márcia dos Santos Reinaldo

Bibliografia Selecionada

Hemingway, Seteve; McCann, Terence; Baxter, Hazel; Smith, George; Burgess-Dawson, Rebecca & Dewhirst, Kate. (2015). The perceptions of nurses towards barriers to the safe administration of medicines in mental health settings. International Journal of Nursing Practice. 21(6), 733–740, December 2015 Disponível em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/ijn.12266/abstract