Quais os nervos e articulações mais acometidos em pacientes com hanseníase?

Os nervos mais acometidos em pacientes com Hanseníase1 (geralmente em casos de reações do tipo I):

  • Ulnar e Mediano (“mão em garra”);
  • Fibular comum (“pé caído” ou “foot drop”);
  • Tibial posterior (artelhos em garra e insensibilidade plantar);
  • Facial;
  • Cutâneo radial;
  • Auricular magno.

Perdas sensoriais e motoras geralmente irão se desenvolver na distribuição destes nervos, quando a doença não for tratada a tempo. Isto poderá gerar sequelas na forma de deformidades articulares (descritas acima entre parênteses).
Por outro lado, pacientes com Hanseníase, em especial os que desenvolvem reações do tipo II, podem ter quadros de poliartrite, usualmente simétrica. As articulações mais envolvidas nestes casos são2-4:

  • punho;
  • metacarpo-falangeana;
  • interfalangeanas proximais;
  • joelho;
  • metatarso-falangeana;
  • sacro-ilíaca.