Quais são as orientações que o ACS pode fornecer às gestantes durante as visitas domiciliares?

Uma atenção pré-natal de qualidade e humanizada é fundamental para a saúde da mãe e do bebê. A atenção à mulher na gravidez e no pós-parto deve incluir, portanto, ações de prevenção e promoção da saúde, além de diagnóstico e tratamento adequado dos problemas que ocorrem neste período.
À Estratégia de Saúde da Família cabe, dessa maneira, oferecer um atendimento particular, individual e de qualidade para cada uma de suas gestantes e o Agente Comunitário de Saúde (ACS) pode contribuir e muito, através de suas visitas domiciliares. O ACS representa um importante elo de comunicação e integração da população com o serviço de Atenção Primária à Saúde (APS). Seu trabalho é relevante na medida em que tem a responsabilidade de identificar gestantes na comunidade, orientá-las para um adequado acompanhamento pré-natal e no período do puerpério.
Assim, durante o pré-natal e no atendimento após o parto, as gestantes podem receber informações sobre os seguintes temas, entre outros: Importância do pré-natal; Higiene e atividade física; Nutrição: promoção da alimentação saudável; • Desenvolvimento da gestação;  Modificações corporais e emocionais; Medos e fantasias referentes à gestação e ao parto;   Prevenção das DST/Aids; Sinais de alerta e o que fazer nessas  situações; Preparo para o parto: planejamento individual considerando local, transporte, recursos necessários para o parto e para o recém-nascido, apoio familiar e social; Orientação e incentivo para o aleitamento materno; Cuidados após o parto (para a mulher e o recém-nascido – estimular o retorno ao serviço de saúde na primeira semana de vida do bebê); Informação acerca dos benefícios legais a que a mãe tem direito; Importância da participação do pai durante a gestação Importância das consultas puerperais; Cuidados com o recém-nascido; Importância da realização da triagem neonatal (teste do pezinho) na primeira semana de vida do recém-nascido; Importância do acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança, e das medidas preventivas (vacinação, higiene e saneamento do meio ambiente), etc.