Qual a eficácia dos inibidores da bomba de prótons no tratamento de gastrite?

A decisão sobre qual inibidor de bomba utilizar para pacientes com ulcera péptica e gastrite deve recair sobre os custos de aquisição, perfil de segurança. Para uso parenteral o pantoprazol mostrou-se melhor que os outros agentes.

Não foi encontrada diferença significativa para tratamento de úlcera e gastrite entre os diversos inibidores de bomba.

Para tratamento de refluxo gastro-esofágico o Esometrazol mostrou-se superior aos demais inibidores de bomba.

 

 

Bibliografia Selecionada

  1. Welage LS, Berardi RR. Evaluation of omeprazole, lansoprazole, pantoprazole, and rabeprazole in the treatment of acid-related diseases. J Am Pharm Assoc (Wash). 2000 Jan-Feb;40(1):52-62; quiz 121-3.
  2. Edwards SJ, Lind T, Lundell L. Systematic review: proton pump inhibitors (PPIs) for the healing of reflux oesophagitis - a comparison of esomeprazole with other PPIs. Aliment Pharmacol Ther. 2006 Sep 1;24(5):743-50. Disponível em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1365-2036.2006.03074.x/epdf