Qual a melhor abordagem de alcoolismo para pacientes em situação de rua?

O Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) do município deve ser acionado para formular um projeto singular para este usuário junto com a equipe. O paciente em situação de rua encontra-se numa situação delicada, demandando avaliação tanto para os problemas de saúde física quanto mental. Em geral, os alcoolistas resistem a iniciar tratamentos médicos e a família ajuda muito neste momento, pois o acompanhamento familiar é um incentivo extra. Neste caso a relação com a família nuclear caso não funcione, outro parente deve ser acionado. O importante é que o NASF também seja acionado para que seja iniciado um trabalho de construção do projeto terapêutico, o que agilizará inclusive procedimento cirúrgico, que venha ser solicitado pelo médico da equipe.