Qual é a diferença da febre amarela silvestre para a urbana?

Tanto a febre amarela urbana (FAU) como a febre amarela silvestre (FAS) são provocadas pelo mesmo vírus – vírus da “febre amarela” e provocam a mesma doença. A única diferença se dá pelo vetor de transmissão.
A FAS é trasmitida pela picada de mosquitos do gênero Haemagogus infectados, que têm hábitos eminentemente silvestres (vivem na mata). Os primatas não-humanos são os principais reservatórios e hospedeiros vertebrados do vírus amarílico, sendo o homem um hospedeiro acidental.
A FAU é transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado, sendo o homem o único hospedeiro vertebrado com importância epidemiológica. No Brasil, o último caso de FAU foi registrada no estado do Acre em 1942.

SOF relacionadas:
  1. O que o Agente Comunitário de Saúde deve saber sobre Febre Amarela?
  2. Pode-se aplicar a vacina contra a febre amarela em mulheres que estejam amamentando?
  3. Qual é a diferença dos sintomas da dengue e da febre amarela?
  4. Que orientações os Agentes Comunitários de Saúde devem prestar à população para a prevenção de casos de febre amarela?

Bibliografia Selecionada

  1. Vasconcelos PFC, Toscano CM. Febre Amarela. In: Duncan BB, Schmidt MI, Giugliani ERJ, eds. Medicina ambulatorial: condutas de atenção primária baseadas em evidências. 3a ed. Porto Alegre: Artmed; 2004. p. 1511-9.
  2. Febre amarela [Internet]. Porto Alegre: Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Secretaria de Saúde. 2009 [citado 2009 Ago 12]. Disponível em: http://www.saude.rs.gov.br/wsa/portal/index.jsp?menu=servicos&cod=22246 Acesso em: 17 agosto 2009.