Qual é a melhor conduta para mácula hipercrômica assimétrica em leito ungueal de um quirodáctilo, sem qualquer queixa?

Se o paciente nega dor, prurido, presença de secreção ou qualquer queixa, uma das possibilidades diagnósticas é o
Melanoma, então, há urgência no encaminhamento ao serviço de dermatologia pois a dermatoscopia se faz
necessária para afastar ou indicar a necessidade de biópsia, a depender dos achados.

A Infecção por dermatófitos seguida de infecção bacteriana, como por exemplo por Pseudomonas, pode atribuir à unha o aspecto escurecido, com escamas e danificada. Tudo pode iniciar, inclusive, por um trauma local, seguido de infecção da unha. Já o melanoma forma-se a partir da transformação maligna dos melanócitos, células produtoras de melanina que se originam embriologicamente da crista neural, sendo a pele seu principal sítio primário. A maioria desses tumores se desenvolvem na pele normal, e os demais têm origem de nevos melanocíticos pré-existentes 1 . O melanoma subungueal é considerado um subtipo raro de melanoma que surge na matriz, mas pode envolver todos os componentes do aparelho ungueal e, alguns dados epidemiológicos não confirmam a existência de qualquer fator predisponente razoável, como características genéticas, história familiar ou exposição à luz UV. 2 . O hematoma subungueal pode ser confundido com o melanoma, mas a cor cresce com a placa ungueal, exibindo uma borda proximal que reproduz a forma da lunula. Uma perfuração na placa da unha permite a visualização do leito subjacente e a confirmação da natureza da coloração 3. A confirmação do diagnóstico é feita a partir do exame anatomopatológico da lesão, que é frequentemente postergado por conta do retardo no diagnóstico clínico, o que leva a um atraso no tratamento adequado com consequente piora do prognóstico. Os chamados critérios ABCDEF são achados reconhecidamente suspeitos para melanoma subungueal: “Age” significa idade (a incidência de pico está entre a quinta e a sétima décadas), "Brown" significa marrom a preto e com largura de 3 mm ou mais, "Color" significa mudança na coloração da unha ou falta de alteração após um tratamento adequado, "Digit" significa o dígito mais comumente envolvido, "Extension" significa extensão do pigmento na junção proximal e/ou lateral (sinal de Hutchinson), "Family" representa história familiar ou pessoal de nevo displásico ou melanoma 4 . A dermatoscopia é um método não invasivo que permite visualizar in vivo a distribuição da melanina na epiderme e na derme superficial e analisar mais detalhadamente lesões pigmentares, permitindo diferenciar, muitas vezes, outras doenças clinicamente confundidas com melanoma, como carcinomas basocelulares pigmentados e ceratoses seborreicas 1,2.