Qual o papel do Agente Comunitário de Saúde no combate à hanseníase?

O diagnóstico precoce da hanseníase e o seu tratamento adequado evitam a evolução da doença e, conseqüentemente, impedem a instalação das incapacidades físicas por ela provocadas. Como hoje em dia o tratamento da hanseníase não é mais um problema, principalmente após o desenvolvimento de medicações altamente efetivas, necessitamos que o diagnóstico precoce seja o mais competente possível.
Nesse sentido o trabalho do Agente Comunitário de Saúde (ACS) está em orientar para comparecimento a consulta médica, com o médico de família da equipe da qual faz parte todas as pessoas com: lesão(ões) de pele com alteração de sensibilidade e/ou; acometimento de nervo (s) com espessamento neural (mais fácil de ser observado em cotovelos e joelhos).
Além disso, faz parte do papel do ACS realizar a busca ativa de todos os contatos domiciliares de pacientes com diagnóstico confirmado.

SOF relacionadas:
  1. Qual a abordagem inicial para quadros de reações hansênicas
  2. Como proceder em casos de efeito adverso medicamentoso no tratamento da hanseníase?